top of page
Buscar
  • Foto do escritorCombate Web Rádio

LEMMY: A ALMA DO ROCK AND ROLL

Atualizado: 21 de jun. de 2023

Ian Fraser Kilmister é originário de Stoke-on-Trent, uma pequena cidade do condado de Staffordshire, na região de West Midlands, na Inglaterra. Desde muito cedo desenvolveu fascínio pela música e pelo poder que a mesma exercia nas pessoas. Ainda jovem, já era dono de um espírito rebelde por natureza e, apesar de ter nascido na véspera do natal em 1945, foi um dos maiores críticos religiosos que o Rock concebeu. Além de ter escrito inúmeras letras sobre este tema, também era um opositor ferrenho da classe política como um todo. Lemmy era um adepto imparável da liberdade, nada poderia colocá-lo dentro de uma caixa, ele fazia suas próprias regras e jamais abriu mão de seus ideais.





Algumas coisas faziam a cabeça de Lemmy. O Rock and Roll sem dúvida foi a força motriz por traz de tudo, mas ele era fascinado por outras coisas também: jogos, bebidas, alguns tipos de drogas e, obviamente, mulheres. Em entrevista para o documentário “Live Fast, Die Old”, ele disse que entrou no mundo da música apenas por conta do fascínio que as mulheres tinham por músicos:

“NÃO, TALVEZ EU NÃO TENHA AMADO A MÚSICA DESDE MUITO JOVEM, MAS EU TIVE UM VIOLÃO ANTES DE SABER TOCAR. UM MOLEQUE LEVOU UM VIOLÃO PRA ESCOLA DEPOIS DE UMA SEMANA DE PROVAS, ENTÃO ESTE MOLEQUE PEGOU O VIOLÃO E IMEDIATAMENTE FICOU CERCADO DE GAROTAS. EU PENSEI: ‘É ISSO QUE EU QUERO PARA MIM!’, ENTENDEU? NESSA ÉPOCA EU ESTAVA MUITO FRUSTRADO, VIVIA EM AGONIA, E ESSE MOLEQUE E OUTROS GUITARRISTAS NA ESCOLA VIVIAM CERCADOS DE MENINAS, ELES PARECIAM ENCANTÁ-LAS. EU NEM SABIA TOCAR, SABE? MAS TINHA UM VIOLÃO E ISSO JÁ FOI O SUFICIENTE PARA COMEÇAR TUDO.”

No documentário “49% Motherfucker, 51% son of a bitch”, Henry Rollins menciona uma frase dita por Lemmy que dá uma noção exata de quando a música realmente tocou o coração do músico. Segundo Rollins, certa vez, Lemmy disse a frase que explicaria toda sua devoção ao gênero:

“EU ME LEMBRO DE COMO ERA ANTES DE EXISTIR O ROCK AND ROLL. EU ME LEMBRO QUANDO SÓ EXISTIAM DISCOS DA ROSEMARY CLOONEY. ME LEMBRO ANTES DE EXISTIR O ROCK, QUANDO SÓ HAVIA OS DISCOS DA SUA MÃE. DEPOIS OUVIMOS ELVIS E NÃO CONSEGUIMOS MAIS VOLTAR ATRÁS. OUVIMOS ROCK AND ROLL PELA PRIMEIRA VEZ E SABÍAMOS QUE ERA AQUILO QUE QUERÍAMOS.”

ANTES DO ESTRELATO

Muito antes do Motorhead, Lemmy teve toda uma vivência dentro do mundo do Rock. Aos 16 anos de idade, encantado por aquele tipo de música, viajou para assistir uma banda novata que estava sendo muito comentada e causando alvoroço no interior da Inglaterra. Lemmy foi até Liverpool e conferiu um show dos Beatles no Cavern Club, antes mesmo de gravarem seu primeiro disco. Anos mais tarde, se tornaria a sua banda favorita em todos os tempos.TENHA UMA BOA VIDA. ENTÃO ACHO QUE VOU CHAMÁ-LO DE ‘CURTAIN CALL’, MAS AINDA NÃO ESTÁ PRONTO. ENTRE MIM, AL, CHRIS CAFFERY E MEU IRMÃO (CRISS OLIVA), TEMOS CERCA DE 40-50 MÚSICAS.”

“NÃO VAI SER FÁCIL CORTÁ-LOS. COM O QUE SOBRAR, LANÇAREI UM CD BÔNUS UM ANO DEPOIS. COMEÇAREMOS A GRAVAR EM JUNHO E ESTAREMOS TRABALHANDO CONTINUAMENTE ATÉ IRMOS PARA OMAHA PARA OS ENSAIOS DA TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA. APÓS A TURNÊ DO TSO, ESTAREMOS DE VOLTA AO ESTÚDIO EM JANEIRO E EM FEVEREIRO, ESTAREMOS COM TUDO FINALIZADO.”
“MEU OBJETIVO É LANÇÁ-LO NO PRÓXIMO ANO, NO ANIVERSÁRIO DE CRISS (3 DE ABRIL). ENTÃO QUEREMOS VOLTAR E TOCAR EM FESTIVAIS. TEMOS TANTAS OFERTAS, NÃO TENHO MAIS 25 ANOS. EU QUERO TOCAR WACKEN, QUERO TOCAR EM QUALQUER LUGAR E É ISSO. ESTA SERÁ A MINHA FORMA DE ME DESPEDIR DO MUNDO INTEIRO. QUERO DIZER AOS NOSSOS FÃS O QUANTO OS AMO. ELES FORNECEM MEU SUSTENTO. EU NÃO QUERO DECEPCIONÁ-LOS. ESTAREI LÁ NO PRÓXIMO VERÃO TAMBÉM, PARA TOCAR NOS FESTIVAIS E ARRASAR”











Fonte: MUNDO METAL

https://www.mundometalbr.com/lemmy-a-alma-do-rock-and-roll/

13 visualizações0 comentário
bottom of page